quarta-feira, 14 de outubro de 2009

Jaime e as Bolotas

Este é o Jaime, ele semeou bolotas a vida toda, apesar das dificuldades e acidentes conseguiu que crescesem carvalhos. Nós também ficamos com vontade de experimentar semear bolotas, mas como não queriamos que os esquilos as levassem, que os cavalos as pisassem, nem que as cabras as comessem... resolvemos semear em vasos.


As bolotas já estavam escolhidas, não podiam estar rachadas nem picadas pelo bicho, a terra trouxe o pai do Fábio, os vasos...como a maioria dos meninos se esqueceu de trazer a Helena, na hora de almoço, foi ao "Viveiro Juca" pedir.
Deram-nos os vasos e os tabuleiros para os arrumar também, que simpáticos, obrigada.
Cada um colocou folhinhas secas no fundo para a terra não sair pelos buracos dos vasos, terra, a bolota, mais terra e o nome escrito num pauzinho de gelado.
Agora vamos regar uma vez por outra e esperar.
Os vasos ficam do lado de fora da janela, na rua que é onde as árvores gostam de crecer.
Desta forma vamos conhecendo o nosso mundo.

1 comentário:

Juca disse...

Pois é, nós também semeamos bolotas... mesmo sem conhecer a história do jaime, que deve ser bem interessante!
Vamos ver onde crescem primeiro... se em Reboreda, se em Vila Franca???